Pesquisar

Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

História da Al Qaeda

 
Formado principalmente por muçulmanos e árabes, a organização Al Qaeda (a base, em árabe) foi criada nos anos 80 para defender o território do Afeganistão contra a ocupação das tropas russas que instauraram o regime socialista  no país.

Os Estados Unidos, que lideravam o bloco capitalista, forneciam ajuda financeira à organização para expulsar as tropas. Sob a liderança de Bin Laden, a Al Qaeda passou a recrutar guerrilheiros muçulmanos para dar continuidade à luta armada.

O rompimento com os Estados Unidos aconteceu depois da invasão norte-americana à Arábia Saudita, durante a guerra contra o Iraque, nos anos 90. Bin Laden foi expulso da Arábia Saudita pelo governo e passou a investir em ataques organizados contra os Estados Unidos. Em 1998, a organização assumiu a autoria da explosão de duas embaixadas americanas na África oriental (224 mortos) e, em 2001, foi apontada como responsável pelo ataque aéreo que derrubou as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova Iorque, e parte do Pentágono, em Washington.

Sem comentários:

Enviar um comentário