Pesquisar

Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Morreu terrorista da extrema esquerda do Japão


Osamu Maruoka, um antigo membro do Exercito Vermelho japonês e uma conhecida figura do terrorismo da extrema esquerda dos anos 70, morreu neste domingo numa prisão em Tóquio.

Maruoka, com 60 anos, preso em 1987, cumpria uma pena de prisão perpétua, pela sua participação em desvios de aviões quando era membro do Exército Vermelho japonês. A morte deveu-se a complicações cardíacas, de acordo com a AFP.

Em 1973, Maruoka, com a ajuda de quatro companheiros, desviou um Boeing 747 da Japan Airlines, que efectuava a ligação Paris–Tóquio. Os cinco homens obrigaram o aparelho a aterrar no Dubai e tentaram obter um resgate e a libertação de dois membros do seu grupo que se encontravam na prisão.

O avião acabou por descolar e aterrar na Líbia, onde os passageiros e tripulação foram libertados e o aparelho destruído com explosivos, enquanto os autores do crimes acabaram por fugir.

Em 1974, Maruoka participou num outro desvio de um DC-8, um avião também da Japan Airlines que efectuava a mesma ligação. O aparelho aterrou em Daca, Bangladesh, e os passageiros foram libertados depois de ter sido pago um resgate de seis milhões de dólares e de terem sido libertados três membros do Exército Vermelho japonês.

Osamu Maruoka foi detido há 23 anos, quando regressava ao Japão sob falsa identidade. No ano passado, Maruoka tentara obter, sem sucesso, a suspensão da sua pena de prisão com o argumento de que sofria de sérios problemas de coração.

O Exército Vermelho japonês foi criado em 1971 e ficou conhecido em 1972 pelo ataque a um aeroporto em Tel Aviv que provocou a morte de 24 pessoas e feriu outras 76.
 
Fonte: jornal Publico online
Data:29-05-2011

Sem comentários:

Enviar um comentário