Pesquisar

Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Ameaça de bomba paralisa Londres







Uma ameaça de bomba levou ontem ao encerramento de várias ruas nas imediações do Palácio de Buckingham, no centro de Londres. A ameaça, efectuada por dissidentes do Exército Republicano Irlandês (IRA), ocorreu na véspera da visita da rainha Isabel II à República da Irlanda e uma semana antes da chegada do presidente do EUA, Barack Obama, à capital britânica.



A polícia, que afirmou que a ameaça não referia uma hora ou um local específicos, encerrou durante cinco horas o Mall, avenida que conduz ao Palácio de Buckingham, residência da rainha, por razões de segurança, tendo ainda destruído, numa explosão controlada, uma bolsa abandonada nas imediações que se revelou ser inofensiva. Uma tampa de sarjeta mal colocada levou ainda os polícias a exa-minar os esgotos em redor do Palácio de Buckingham, por receio de que aí tivessem sido colocados explosivos.
A polícia londrina está a levar muito a sério a ameaça, uma vez que foi dada a palavra de código habitualmente usada nos alertas do IRA. Refira-se que o telefonema foi a primeira ameaça do IRA contra alvos fora da Irlanda do Norte nos últimos dez anos. No mês passado, dissidentes do IRA anunciaram que a rainha era um alvo "por crimes cometidos contra a Irlanda".

Fonte: Correio da manha online

Data:17-05-2011

Sem comentários:

Enviar um comentário